SETUR incentiva atividade turística em quilombos da Chapada Diamantina

Três Irmãos – Chapada Diamantina / Foto: João Ramos- Bahiatursa

Com o propósito de fomentar a criação de novos roteiros turísticos que proporcionem geração de emprego e renda na Chapada Diamantina, a Secretaria do Turismo do Estado (Setur) reúne, nestas terça e quarta-feira (6 e 7), 14 comunidades quilombolas para discutir o Turismo Étnico-afro, no Centro de Artes e Esportes Unificados, em Jacobina.

No encontro, são apresentados novos atrativos, mapeados no circuito Chapada Norte, e iniciativas desenvolvidas a partir do seminário promovido pela Setur em abril do ano passado. Um exemplo de êxito neste segmento é o roteiro criado pelo Quilombo de Coqueiros, localizado em Mirangaba. A visita à comunidade inclui a vivência em tarefas do dia a dia, como a agricultura familiar, partilha de histórias e tradições, além de caminhadas por trilhas até a Cachoeira do Gelo.

Outra comunidade que também já está aberta para acolher turistas é o Quilombo Erê, de Jacobina, onde é possível participar de rodas de capoeira, oficinas de dança afra e conhecer aspectos históricos da comunidade.

Além de mostrar como explorar o potencial das cidades por meio do turismo sustentável, o público participa de oficina de produção associada ao turismo – inserção de produtos locais na cadeia do turismo, promovendo o fornecimento de insumos a hotéis, pousadas, bares, restaurantes e lojas de suvenires.  Na quarta-feira (7), o tema será qualidade do atendimento ao turista.

Depois, as atividades serão retomadas nos dias 10 de abril, com discussões sobre empreendedorismo étnico e etnodesenvolvimento, e 17 de maio, quando o tema trabalhado será a educação patrimonial. Ao todo, 12 municípios, dentre eles, Miguel Calmon, Mirangaba e Pindobaçu, participam dos eventos realizados em parceria com a Prefeitura de Jacobina.
Por: brasilturis.com.br