08 ago

Nota de Solidariedade aos grevistas de fome a favor da liberdade de Lula

A CONAQ- Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas externaliza sua solidariedade aos ativistas e atuais grevistas em fome  Zonália Santos, Jaime Amorim e Vilmar Pacífico (do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST), Rafaela Alves e Frei Sérgio Görgen (do Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA) ,Luiz Gonzaga, o Gegê (da Central dos Movimentos Populares – CMP) e Leonardo Armando (Levante Popular da Juventude) .

Estes ativistas estão há uma semana (desde o dia 31 de julho) sobrevivendo à água e soro fisiológico, a intenção da greve é chamar a atenção do Estado para a situação de fome, miséria e desassistência que a população brasileira está cada vez mais exposta, especialmente após o impeachment de Dilma Rousseff e a  entrada de um governo de desmonte das políticas públicas.

Os grevistas ainda protocolaram no STF- Supremo Tribunal Federal suas reivindicações e apelo para que o ex-presidente Lula seja julgado dentro dos protocolos da lei. Não podendo ser impedido de se candidatar enquanto não tiver seu processo transitado e julgado por completo. O apelo dos grevistas vai para todos os ministros do STF, mas em especial para os ministros Edson Fachin, Cármem Lúcia, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Alexandre de Moraes que têm votado contra o habeas corpus preventivo de Lula, e a favor da prisão após condenação em segunda instância.

Os grevistas estão recebendo assistência médica e psicológica.

No dia de ontem, 07 de julho de 2018, estiveram presentes em solidariedade aos grevistas as lideranças quilombolas da CONAQ: Ivo Fonseca-MA; Arilsol Ventura-ES; Sandra Braga- GO; Sérvulo Borges-MA.