08 jul

Coeqto divulga nota de repúdio à reabertura do turismo no Jalapão e pede intervenção do MPF

Comunicação da Coeqto

Em nota publicada nesta quarta-feira, 08, a Coordenação Estadual das Comunidades Quilombolas do Tocantins (Coeqto) manifesta preocupação com a segurança da população quilombola do Jalapão, diante da possibilidade de reabertura das atividades turísticas no parque, e pede intervenção do Ministério Público Federal e da Defensoria Pública.

Acesse aqui a Nota pública na íntegra

Para Carlos Israel Ribeiro dos Reis, ex-secretário de Turismo e Meio Ambiente de São Félix do Tocantins e atual membro do Conselho Municipal de Turismo, ainda não é o momento de reabrir o turismo na região com base no fato de que os casos no Tocantins ainda estão crescimento e o pico ainda não foi atingido. “O Jalapão não pode ser reaberto agora. O pico da COVID-19 ainda não aconteceu e ainda está contaminando muita gente. Nós não temos nenhuma estrutura nesse sentido de apoio às pessoas contaminadas. Aqui nós não temos estradas, não temos nada. Não tem como abrir isso aqui agora não, vai contaminar muita gente” , enfatiza Reis.
Situação também manifestada pela Coeqto que assina a nota junto com as associações das comunidades quilombolas do Jalapão e com a Conaq. “Desde o início da pandemia no Brasil, o Estado brasileiro nunca se manifestou quanto a implementação de políticas públicas efetivas para o combate à proliferação do coronavírus em territórios quilombolas. Pelo contrário, tem subnotificado os casos de contaminações e óbitos entre a população quilombola”, justifica ao citar que o conhecimento dos casos tem acontecido em fundação do trabalho autônomo da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas – Conaq com as lideranças quilombolas.
Segundo dados da Conaq no Brasil já existem 2.590 quilombolas infectados e 127 mortes desde a notificação do primeiro óbito em 11 de abril. A região Norte tem mais de 1000 quilombolas contaminados e o Tocantins registrou o primeiro óbito na última segunda-feira.

Dunas no Jalapão | Foto: Claudemir Ribeiro de Sousa

O Parque Nacional do Jalapão é um dos pontos turísticos mais visitados no Brasil. Em notícias divulgadas pelo Governo do Estado, em 2017 houve um aumento de 15% no número de visitantes com relação ao ano anterior que já tinha registrado aumento de 30% com relação a 2015. O Naturatins divulgou também que em 2017 os turistas vieram de 11 países.
O G1 Tocantins noticiou que, em 2018, 32,2 mil turistas passaram pelo jalapão ao longo do ano.

Foto de capa: Dunas no Jalapão | Claudemir Ribeiro de Sousa

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Instagram