21 fev

Goiana é a primeira mulher quilombola mestre em Direito no Brasil

Ela também foi a primeira quilombola a passar na OAB e agora conquista seu mestrado pela UFG

A advogada, Vercilene Francisco Dias, será a primeira mulher quilombola com mestrado em Direiro no Brasil. Ela ingressou no curso de Direito da UFG em 2011, pelo programa UFGInclui, e se formou em 2016. Sendo, também, a primeira quilombola a passar no exame da OAB de Goiás.

Vercilene deu início ao seu mestrado em Direito Agrário, em 2017, e irá apresentar a defesa da sua dissertação no Programa de Pós-graduação da UFG, nesta quinta-feira (21/02), às 14:00h. Ela já trabalha como advogada popular, representando os interesses da comunidade Kalunga, e o seu trabalho atual retrata a “Terra versus Território: Uma Análise Jurídica dos Conflitos Agrários Internos na Comunidade Quilombola Kalunga de Goiás”.

+ Comunidade Kalunga carrega cultura, tradição e história em santuário ecológico de Goiás.

A conquista serve de exemplo e inspiração para outras pessoas que pretendem seguir esse caminho e mudar de vida. Os programas de incerção tem como objetivo fazer com que os menos privilegiados, socialmente, tenham a oportunidade de mostrar a sua capacidade, e Vercilene conseguiu conquistar o seu espaço com toda a sua luta e dedicação.

* Matéria original vinculada no site Curta Mais em 21 de fevereiro de 2019.