Fogo!… Queimaram Palmares, Nasceu Canudos. Por Nego Bispo

Fogo!… Queimaram Palmares,
Nasceu Canudos.
 
Fogo!… Queimaram Canudos,
Nasceu Caldeirões.
 
Fogo!… Queimaram Caldeirões, 
Nasceu Pau de Colher.
 
Fogo!… Queimaram Pau de Colher…
E nasceram, e nasceram tantas outras comunidades que os vão cansar se continuarem queimando.   
 
Porque mesmo que queimam a escrita, 
Não queimarão a oralidade.
Mesque que queimem os símbolos, 
Não queimarão os significados.
Mesmo queimando o nosso povo
Não queimarão a ancestralidade.
 
Nego Bispo
Antônio Bispo dos Santos – Quilombo Saco-curtume em São João do Piauí/PI