09 jul

COVID-19: número de quilombolas infectados supera 3 mil em 19 Estados

Ascom Conaq

Na atualização do boletim epidemiológico desta quinta-feira, 09, a Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), evidencia a triste marca de 3.034 quilombolas infectados com 134 mortes pela COVID-19.

Boletim epidemiológico – 09/07/2020

O avanço do coronavírus em territórios quilombolas preocupa a Conaq e lideranças denunciam a ausência de medidas do Estado brasileiro para conter a proliferação. No último dia 07 o presidente sancionou, com 16 vetos, o Projeto de Lei 1.142/2020 que prevê ações emergenciais para auxiliar os povos quilombolas, indígenas e comunidades tradicionais no enfrentamento à pandemia.
Entre os vetos, estão as garantias de acesso à água potável, à segurança alimentar e acesso ao auxílio emergencial. “O veto do presidente da república é a execução do seu plano de governo e há requintes de racismo institucional porque ele veta as coisas mais básicas, as coisas que as autoridade de saúde mais têm solicitado e pedido para as pessoas fazerem que é lavar as mãos e usar álcool em gel. Não é possível pedir para uma pessoa lavar as mãos com frequência se ela não tem água potável para beber, ou que use álcool em gel se ela não tem dinheiro para comprar”, ressalta Givânia Silva, co-fundadora da Conaq.

Boletim epidemiológico – 09/07/2020

A Conaq juntamente com as frentes parlamentares quilombolas e indígenas e representantes dos povos indígenas e comunidade tradicionais se mobilizam agora em prol da derrubada dos vetos no Congresso. O PL deve ser apreciado pelos parlamentares na próxima semana.

Boletim epidemiológico – 09/07/2020

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

Instagram