Assentados e quilombolas podem se inscrever em curso técnico

As inscrições para o terceiro processo seletivo do curso Técnico em Agropecuária e Cooperativismo foram prorrogadas até 27 de novembro. O curso é resultado de parceria entre o Incra e a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).

São ofertadas 100 vagas e podem se inscrever jovens e adultos de assentamentos criados ou reconhecidos pelo Incra, acampados, quilombolas e extrativistas cadastrados pela autarquia em todo o país, além de agricultores do Programa Nacional de Crédito Fundiário.

O processo seletivo é gratuito e a inscrição é realizada exclusivamente via internet no endereço www.epamig.br/agropecuaria-e-cooperativismo.

A prova de seleção será aplicada em etapa única em 3 de dezembro. O resultado final será divulgado em 19 de dezembro. As matrículas acontecem no período de 3 a 5 de janeiro de 2018, com início do curso em 5 de fevereiro do próximo ano.

As aulas ocorrerão no Instituto Técnico de Agropecuária e Cooperativismo (Itac) Antônio Luciano Pereira Filho, no município de Pitangui (MG), a 130 quilômetros de Belo Horizonte.

A formação é baseada na Pedagogia da Alternância, na qual o estudante desenvolve parte de suas atividades no ambiente escolar (Tempo Escola) e parte nos seus locais de origem (Tempo Comunidade).

As despesas com transporte, alimentação, hospedagem e material didático dos alunos matriculados serão custeadas pelo Incra.

O curso é uma iniciativa do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), executado pelo Incra, que assegura a formação e a qualificação de jovens e adultos nas áreas de reforma agrária em parceria com instituições públicas ou privadas sem fins lucrativos, além dos governos estaduais e municipais.

Inscreva-se no processo seletivo para o curso Técnico em Agropecuária e Cooperativismo.

Assessoria de Comunicação Social do Incra
(61) 3411-7404
imprensa@incra.gov.br