11 jan

Boletim informativo vol 4: “A IMPORTÂNCIA DOS QUILOMBOS PARA A PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE”

A CONAQ está apresentando uma  série de Boletins Informativos com propósito de diagnosticar problemas incidentes em Comunidades Quilombolas do Brasil. O projeto realiza um diagnóstico das ações das autoridades estaduais relacionadas aos direitos quilombolas para poder definir prioridades e oportunidades nos estados. A série de boletins é fruto do edital de consultoria quilombola, uma parceria da CONAQ, com a Climate and Land Use Alliance (CLUA) e com a Associação Nacional de Quilombos para Cooperação – Negra Anastácia. 

A série de boletins é composta por 8 volumes que serão divulgados de acordo com suas temáticas e incidências. Nesta terça-feira(11), a CONAQ apresenta o Boletim de volume 4 com o tema “A IMPORTÂNCIA DOS QUILOMBOS PARA A PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE”

“Os territórios quilombolas são de longe os locais com maior conservação da natureza, não por acaso, mas por se constituírem como agrupamentos de pessoas cujo fundamento de interação com o meio ambiente não está voltado para fins meramente econômicos.”

Neste volume, os consultores quilombolas Rozembergue Batista Dias e Israel da Silva Oliveira discorrem sobre a importância que comunidades quilombolas têm para a preservação do meio ambiente e apontam os processos de poluição e desmatamento que o planeta sofre e suas consequências. Para ler mais sobre o conteúdo, clique abaixo:

_BI – 4 – A IMPORTÂNCIA DOS QUILOMBOS PARA A PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE

PARCERIAS

A CONAQ atua juntamente com o Coletivo jurídico Joãozinho do Mangal, composto por advogados quilombolas e das organizações da sociedade civil como, Instituto Socioambiental (ISA), Terra de Direitos, Justiça Global, Comissão Pastoral da Terra (CPT), Conectas e Associação de Advogados/as de Trabalhadores/as Rurais (AATR). O intuito das ações do coletivo é evitar retrocessos de direitos e políticas públicas quilombolas, solucionar conflitos, proteger territórios quilombolas e avançar a agenda socioambiental quilombola nos estados do MATOPIBA e Amazônia legal

 

Por: Assessoria de comunicação CONAQ
Share This