04 set

Capacitação em análise de dados socioeconômicos chega às comunidades quilombolas do Amapá

Por Fernanda Costa

A oficina do Programa Compartilhando Mundos desembarcou em mais um estado brasileiro e pôde levar, nos dias 20, 21 e 22 de agosto, a capacitação em análise de dados socioeconômicos e mapeamento para comunitários quilombolas do Amapá. Só neste ano, diversas comunidades dos estados do Maranhão, Mato Grosso e Tocantins já participaram da atividade.

A iniciativa trata-se de um desdobramento da capacitação anterior, do Programa Novas Tecnologias, que ensinou aos jovens quilombolas ferramentas de pesquisa Google sobre dados qualitativos e quantitativos (ODK-Open Data Kit) e mapeamento georreferencial e cultural (Google Earth). Com isso, todo o conhecimento adquirido na primeira fase pôde ser colocado em prática por meio do questionário de pesquisa elaborado pela Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq), feito especialmente para que os jovens pudessem aplicar em suas comunidades e realizar o levantamento dos dados socioeconômicos.

Nesta nova fase, as ferramentas mudaram, mas o foco continua sendo o mesmo: proporcionar aos quilombolas atividades que viabilizem, de maneira descomplicada e efetiva, um entendimento mais profundo sobre si mesmos e sobre as suas localidades, além de incentivá-los a reivindicar seus direitos e acessar políticas públicas.

Durante os três dias de atividades, o encontro foi marcado por muita interação e cooperação entre próprios jovens que participaram dos levantamentos, lideranças, associações e demais comunitários, que puderam dialogar e construir gráficos de forma colaborativa, além de compartilhar diferentes dificuldades e experiências que já vivenciaram na sua região.

Vale ressaltar que cada nova informação levantada e discutida contribui para uma melhor base de dados do conhecimento local, que, por sua vez, auxiliará ainda mais as comunidades a fundamentar e planejar ações futuras que contribuam para uma melhor qualidade de vida, tanto individual como coletiva.

A oficina é parte do Programa Compartilhando Mundos (Sharing Worlds), fruto da Ecam, Usaid (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional), Google Earth Solidário que, no Amapá, conta com a parceria da CONAQ (Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas).  Saiba mais aqui

 

*MATÉRIA RETIRADA DO SITE DA ECAM.